Últimas Notícias

A infestação de formigas na sua cozinha é mais perigosa do que você imagina

Foto de capa da notícia

Quem nunca apanhou no flagra uma formiga no açucareiro ou em um prato de sobremesa não sabe o quanto isso é chato. Elas aparecem de forma tão inesperada e em tamanha quantidade, que, muitas vezes, quando nos damos conta, já há uma infestação delas. E o problema fica ainda mais difícil de ser controlado.

Nossa tolerância em relação à convivência com as formigas pode estar relacionada ao fato de, na maioria das vezes, não as consideramos como uma ameaça, o que é errado da nossa parte.

Afinal, em meio a uma fauna tão rica em nosso planeta, cheia de aranhas, escorpiões, cobras e outros animais peçonhentos, não costumamos nos assustar com a presença das formigas. Que mal elas podem trazem? Nós respondemos: muitos!

Formigas: vetores de doenças piores do que as baratas
Sim, é isso mesmo. As formigas podem não ter uma aparência tão asquerosa, mas conseguem ser muito mais insalubres do que as baratas! Isto pode ser explicado por alguns motivos, entre eles os lugares que elas frequentam.

Formigas ‘passeiam’ pelos mais diversos ambientes, muitos deles imundos, tais como lixeiras, calçadas, canos, corrimãos, paredes, ralos… a lista é grande. E, ao passarem por todos esses lugares, acabam carregando em seus corpos os mais diversos microorganismos, muitos deles responsáveis por graves doenças. Assim, quando chegam na nossa cozinha, acabam contaminando tudo o que nela tocarem.

Até aí, assemelham-se muito às baratas, certo? Mas eles têm uma “pequena” vantagem: seu tamanho.

A periculosidade das formigas aumenta em relação às baratas justamente porque, por serem muito menores, conseguem entrar em lugares que as baratas não conseguiriam, e acabam encontrando uma forma mais fácil de invadir nossas casas.

É por isso que a dor de cabeça com as formigas é muito maior. A menor rachadura em uma parede pode servir de porta de entrada, que, com certeza ela irá usar, porque esta praga irá para qualquer lugar onde perceber a possibilidade de encontrar alimento, para ela e para toda a colônia.

Avistar uma formiga é um alerta para a existência de uma colônia
Sim, lembre-se de que as formigas são seres sociais, que trabalham em uma sociedade muito organizada. Assim, se você avistar uma formiga em sua cozinha, pode ter certeza de que há muitas outras, não muito longe dali, e que aquele indivíduo solitário está apenas fazendo o reconhecimento do território.

Seu plano de ação será o de ‘comunicar’ as demais formigas, através da liberação de feromônios (sinais químicos), as quais virão ajudá-la a transportar o alimento para a colônia.
Como podemos evitar que esse plano de ação seja bem sucedido? Saiba agora!

Conheça algumas dicas para afastar as formigas da sua casa
A vantagem de sabermos diversas informações sobre estes pequenos insetos é que podemos usá-las em nosso favor. Com base nisto, elaboramos algumas dicas simples e fáceis para impedir que as formigas venham morar na sua cozinha. Veja a seguir algumas delas.


1 – Elimine os farelos e as comidas descobertas
Esta é a principal atitude para quem quer se livrar das formigas, pois você deve se lembrar que elas vêm em busca de alimento. Por isso, mantenha balcões, pias e pisos livres de farelos de comida. Também cubra alimentos com plástico pvc ou coloque-os em recipientes bem vedados.

Se você estiver com aquela ‘preguicinha’ depois do jantar e não quiser lavar a louça, lembre-se ao menos de limpar bem os restos de comida dos pratos e de despejar água na louça, de preferência quente.

2 – Tampe as lixeiras e remova o lixo com frequência
Formigas encontrarão comida em qualquer lugar. Inclusive no que você considera lixo. Assim sendo, opte pelo uso de lixeiras com tampa e faça a troca das sacolas com frequência. Despeje água fervida nas lixeiras antes da reposição das sacolas, pois isso também ajudará a eliminar cheiros de alimentos que são atrativos para elas.

Com relação ao lixo seco, como caixas de leite, embalagens de iogurtes e outros, passe uma água nestes materiais, ainda que de maneira superficial, antes de descartá-los, para eliminar os odores que atraem formigas e outros insetos.

3 – Faça manutenção do imóvel, eliminando pequenos defeitos que servem de acesso
Observe se há rachaduras, lajes ou rejuntes quebrados ou aberturas das janelas e portas danificadas e providencie o reparo. Como mencionamos anteriormente, a menor rachadura pode ser suficiente para as formigas chegarem, e se instalarem!

4 – Higienize semanalmente sua residência
O hábito da limpeza semanal auxilia muito no que diz respeito ao controle de pragas, que sempre procuram quatro coisas: acesso, abrigo, alimento e água.

Chãos e armários limpos de farelos e pias bem secas podem fazer muita diferença no que diz respeito às infestações, não apenas de formigas, mas de outras pragas também, tais como baratas e moscas.

5 – Utilize alguns métodos caseiros que funcionarão como repelente, formando barreiras de acesso
Formigas são muito sensíveis a odores, e, graças aos estudos da biologia, podemos entender que, assim como existem odores que as atraem para nossas casas (cheiros adocicados, por exemplo), existem aqueles que as repelem e que inclusive confundem aqueles ‘sinais químicos’ enviados por elas para formar o caminho para a colônia.

Alguns produtos mais conhecidos e facilmente acessíveis são: canela, cravo, limão, hortelã-pimenta, salsa, entre outros. Observe por onde a formiga faz o trajeto e faça uma barreira física com o ingrediente escolhido. Isso impedirá a sua passagem. Você também pode fazer pequenas trouxinhas de gaze com cravos, por exemplo, e depositá-las nos armários e dentro dos recipientes que armazenam alimentos, como açúcar e farinha.

É claro que estas soluções simples são temporárias pois todos estes ingredientes envelhecem e perdem o odor conforme a passagem do tempo. É por isso que, se o seu problema com formigas está fora de controle, existe uma solução mais adequada: a desinsetização.

Autor: Evlyn Zilch.
Fonte: Br Control.