Últimas Notícias

Qual é a distância mínima entre fossa e poço artesiano?

Foto de capa da notícia

A fossa séptica é uma das estruturas mais importantes em vários locais e em diferentes ambientes. As casas sem rede de tratamento de esgoto dependem muito das fossas para realizar o tratamento de esgoto.

Esse sistema é crucial para garantir a saúde das pessoas que convivem em um ambiente e também para evitar a contaminação do meio ambiente e da água em lençóis freáticos e rios.
As fossas são muito comuns nas residências e comércios localizados dentro das zonas rurais, onde o saneamento básico ainda é uma dificuldade. Porém, geralmente as propriedades que utilizam a fossa séptica, também possuem o poço artesiano.
Como é de se imaginar, é preciso tomar bastante cuidado com a instalação desses dois sistemas, afinal, a fossa não pode oferecer riscos de contaminação para o poço e prejudicar a saúde dos moradores.

Fossa séptica e Fossa negra: Qual a diferença?
Existem dois tipos principais de fossa, a séptica e a fossa negra. Porém, atualmente só é permitida (e recomendada) o uso da Fossa Séptica. Mas por que?

A Fossa Negra não possui nenhum tipo de mecanismo de tratamento de esgoto. A única coisa que ela faz é afastar os dejetos de local de origem. Ou seja, a fossa negra é apenas um buraco na terra.
Isso faz com que os dejetos sejam filtrados para o solo, contaminando o meio ambiente, principalmente os lençóis freáticos. Sendo assim, existe um risco para toda a água retirada da propriedade.

Portanto caso a propriedade possua a fossa negra, é necessário desativar o a fossa e construir uma fossa séptica.

Como a fossa séptica funciona?
Diferente a fossa negra, a fossa séptica tem todo um procedimento de tratamento de esgoto. Esse tratamento é realizado por bactérias anaeróbicas que neutralizam os dejetos e retiram os coliformes fecais e outros riscos à saúde.

O produto final é totalmente seguro para ser despejado no ambiente como forma de adubo orgânico. Ou então ele pode ser filtrado e devolvido ao solo sem causar nenhum problema ao meio ambiente.
Com isso, o risco aos lençóis freáticos é praticamente nulo, garantindo muito mais segurança para os moradores.

Qual é a distância entre a fossa séptica e o poço artesiano?
Mesmo com a fossa séptica sendo totalmente segura e oferecendo um tratamento de esgoto bem completo. É fundamental que haja uma distância mínima entre a fossa e o posso.
Segundo a recomendação dos profissionais que atuam no setor, a distância mínima é e 15 metros. Isso evita problemas de contaminação, mesmo em casos em que a fossa não funciona como deveria.

Cuidados com a Fossa Séptica
Para que a fossa séptica funcione de forma correta e não contamine o ambiente, além da distância entre a fossa e o poço, é preciso que a estrutura esteja em boas condições.
A fossa séptica precisa de cuidados desde a sua construção. Primeiro, a fossa só pode receber a água do vaso. A água da pia e a água do chuveiro carregam sabão, shampoo e outros produtos químicos que matam bactérias.

Caso esses produtos cheguem até a fossa, as bactérias responsáveis pela bio digestão acabam morrendo e a fossa não tem mais o funcionamento que deveria.
Esse cuidado também serve para a limpeza que nunca deve ser feita com o uso de produtos químicos, para evitar o mesmo problema citado acima.
Outro cuidado importante é nunca deixar que a fossa fique cheia. Isso faz com que os dejetos que estão sendo jogadores transbordem e também contaminem o meio ambiente.
Enquanto a parte líquida dos dejetos é liberada para o solo através de um sumidouro ou então como adubo orgânico, a parte sólida, o lodo, precisa ser removido de forma mecânica.
Isso deve ser feito através de caminhões com aspiradores especiais e preparados. O destino do lodo também é importante.

A parte sólida de dentro da fossa nunca deve ser jogada em lugar não regulamentado. É fundamental que o lodo seja colocado em aterros regularizados pelo governo.

Autor: Limpa Fossa.
Fonte: Limpa Fossa.