Últimas Notícias

Todo o lixo do ano, na palma da sua mão!

Foto de capa da notícia

Praticantes do estilo de vida Lixo Zero dizem que todo o seu lixo de um ano pode caber em um único pote. Como será que eles conseguem?

Antes de tudo, o que é Lixo?
Quase tudo que consumimos gera algum tipo de resíduo, um resto, algo que sobra. Mas nem todos esse material é necessariamente lixo, porque grande parte dele ainda guarda um potencial. Por exemplo, você compra um sapato novo e ele vem em uma caixa de papelão, isso não é lixo. Após servir como proteção no transporte, a caixa pode ser reciclada, utilizada para guardar e organizar suas coisas ou como entretenimento para o seu gato e para os internautas.

Quem são os minimalistas dos potinhos?
No mundo existem diversos blogueir@s que dão suas dicas para uma vida com menos lixo. Um exemplo é a Kathryn Kellog, americana de 25 anos, que mantém o blog Going Zero Waste e escreve posts como “Fantasias éticas para o dia das bruxas: E 6 fantasias que você já tem em seu armário”.

Mas quem começou tudo isso foi a Bea Johnson, 42, também americana. Ela é adepta do estilo de vida Lixo Zero desde 2008 e em 2013 se consolidou como referência ao escrever o livro “Desperdício Zero: Simplifique sua vida reduzindo o desperdício em casa”. Mas o meu favorito é o Rob Greenfield, conhecido como “O Cara fazendo a diferença”. O ativista pedalou mais de 7.500 kms pelos Estados Unidos, em uma bicicleta de bambu, comendo sobras que as pessoas jogavam no lixo e gerando somente cerca de 1kg de lixo. Tudo isso para mostrar como podemos viver com menos.

No Brasil temos a Cristal Muniz do blog Um Ano Sem Lixo, a Fe Cortez que se inspirou no documentário “Trashed: para onde vai nosso lixo (2011)” e iniciou o movimento Menos 1 Lixo, e muitos outros vão surgindo.

E o que eu, um pobre mortal, posso fazer?

1 – Recusar
Você realmente precisa comprar essa garrafa de água, quando tem um bebedouro aí do lado? Pense duas vezes antes de fazer uma compra, leve em consideração não só o custo no seu bolso, mas também o impacto no meio ambiente.

2 – Reduzir
Ok, você precisa e vai comprar. Mas será que você precisa de 10 pares de meia? Precisa usar papel toalha para limpar o fogão? Quase sempre podemos comprar menos e/ou usar menos. Pensar duas vezes antes de consumir pode ajudar muito na redução do seu lixo.

3 – Reusar
Você só comprou o que precisa e o quanto precisa. Agora use todo o potencial do produto. Não descarte por causa de pouco uso ou um pequeno problema, conserte o que comprou. Um ótimo exemplo é a marca de roupas Patagônia, empresa B americana, que tem campanhas de reparo de graça para suas roupas.

4 – Reciclar
Agora que você já tirou a última gota de utilidade do produto, vamos fazer o descarte correto. Se informe sobre a coleta seletiva no seu bairro: onde colocar os recicláveis e em quais horários a coleta passa. Lave e separe bem os materiais, isso ajuda muito no processo. A tampa, o rótulo e a garrafa geralmente são feitas de materiais diferentes.

5 – Repensar
Repensar o que você consome, quais as marcas que você apoia. Além do descarte correto, você pode usar o seu poder como consumidor. Escolher marcas que usam embalagens recicláveis é o primeiro passo, mas nem sempre o reciclável é reciclado.

Autor: Gabriela Reis.
Fonte: Blog Eureciclo.